CNJ - Viviane Salazar
16434
post-template-default,single,single-post,postid-16434,single-format-standard,bridge-core-1.0.5,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-18.1,qode-theme-bridge,disabled_footer_top,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-6.2.0,vc_responsive

CNJ

CNJ

#NaoSeCale¬†ūüöļ¬†A Justi√ßa em defesa das mulheres v√≠timas de viol√™ncia n√£o para! Durante a pandemia do novo coronav√≠rus, o¬†Conselho Nacional de Justi√ßa (CNJ)¬†criou um grupo de trabalho para elaborar medidas de combate √† viol√™ncia dom√©stica, que teve aumento significativo em diversas regi√Ķes durante o isolamento social. A comiss√£o vai estudar e apresentar diagn√≥sticos que podem aprimorar a legisla√ß√£o sobre o tema e sugerir a√ß√Ķes que garantam maior rapidez, efetividade e prioridade no atendimento das v√≠timas de viol√™ncia no Judici√°rio. O grupo tamb√©m vai apresentar propostas de pol√≠ticas p√ļblicas judici√°rias para aprimorar o atendimento √†s mulheres. Ao final de 60 dias, ser√£o apresentadas as solu√ß√Ķes. Os encontros s√£o virtuais. Leia mais:¬†https://bit.ly/GrupoViolencia

Descrição da Imagem #PraCegoVer e #PraTodosVerem: fotografia de uma mulher à janela, com suas mãos apoiadas no vidro, enquanto ela olha para fora. Ela usa máscara de proteção descartável. Texto: Mulheres confinadas e protegidas. Grupo de trabalho foi criado para sugerir medidas emergenciais de prevenção à violência doméstica. Portaria CNJ 70/2020

 

 



× Como posso te ajudar?